terça-feira, 24 de dezembro de 2013

Mensagem de Natal






Antes de desejar feliz natal para todos, gostaria de cumprir o meu papel de historiador chato e lembrar que o Natal nada mais é do que uma data comemorativa que ultrapassa os limites do consumismo banal... O que se comemora no Natal mesmo? Já encontrei gente que não faz a mínima ideia do que significa o Natal. Também no meio de tantas árvores de natal, papais Noéis, a reflexão sobre o verdadeiro significado do natal fica em segundo plano, o lance é receber presentes dos amigos e familiares, e é claro isso implica em se endividar um pouco para presentear aquele a quem nos são caros de alguma forma...Mas acho que o que devemos fazer nessas datas super-consumistas é questionar, talvez por trás de um porquê há um significado muito aquém do que pensávamos...

Por exemplo,o Natal foi instituído por decreto para ser a comemoração do nascimento de Jesus o Cristo, mas a escolha do 25 de dezembro - apesar de não ter sido tão arbitrária assim como muitos pensam – teve origem pagã. Era a data que os romanos comemoravam o dia do Deus Mitra, uma divindade romana da antiguidade. Aliás muitas datas do calendário católico são de origem pagã, pois foram os romanos que depois de muito perseguirem os cristãos resolveram no século IV decretar o cristianismo como a religião oficial do Império. 

Mas o Natal que comemoramos hoje não tem apenas um fundamento simbólico, na verdade creio que aquela depressão que ocorre à algumas pessoas nessa data é um tipo de culpa inconsciente que essas pessoas sentem em comemorar algo tão vazio quanto o Natal, sem nenhum propósito edificante para o ser humano, parece estranho , mas acho que as pessoas que sofrem dessa “melancolia natalina” não são chatos e impertinentes por não acompanhar as festividades do Natal com a euforia esperada de todos, creio que são mentes questionadoras que entraram em contato com a falsidade por traz do tão falado “espírito natalino”... mas já que não podemos por decreto nos livrar de convenções como o Natal, a Pascoa, e outras datas desse gabarito, vamos tentar dar um significado pessoal a essa data tão esperada por todos, mesmo que a melancolia natalina te pegue não a deixe passar em vão aproveite e reflita , isso já é usar o natal para algo útil...


Essa mensagem foi escrita originalmente para o Blog Crisálida de Aço no dia 25 de dezembro de 2008




André Stanley alcunha de André Luiz Ribeiro é professor e escritor; autor do livro “O Cadáver” (Editora Multifoco – 2013); presidiu o Centro acadêmico do curso de História no UNIFEG em 2007, é membro efetivo da Ass. Dos Historiadores e pesquisadores dos Sertões do Jacuhy desde 2004. Atua hoje como professor e pesquisador de História Cultural. Também leciona língua inglesa, idioma que domina desde a adolescência

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens Populares